Será que as escolas podem administrar medicamentos aos alunos